Combate à corrupção

Quando governador interino, em 2010, Rogério Rosso determinou a extinção de órgãos governamentais onde havia indícios de irregularidades. A medida foi aplicada à Casa Civil, Brasiliatur e Secretaria de Habitação. As atividades foram transferidas para outras pastas para não deixar a população desassistida.

Acompanhe o Rosso




Deixe uma resposta

Fechar Menu